Apresentação | Michael Chekhov | No Brasil | A Técnica | Quem somos | Contato |    english

Michael Chekhov Brasil

Em 2010 iniciou-se no Rio de Janeiro um programa de sessões semanais em que pequenos grupos de atores foram explorando ao longo do ano o legado artístico do Michael Chekhov. Em 2012, a Thaís Loureiro e Hugo Moss fundaram a Michael Chekhov Brasil e criaram um programa ambicioso de treino e criação artistica, assim estabelecendo pela primeira vez no País uma fonte de pesquisa e conhecimento mais profunda deste universo artístico/filosófico. Foi lançado o Treinamento Michael Chekhov e uma série de outras oficinas e iniciativas relacionadas, como o Acervo, a produção de traduções e material audiovisual, estabelecendo parcerias no Brasil e no exterior, e aos poucos formando uma família de artistas que continua crescendo até hoje.
A Michael Chekhov Brasil é a única instituição dedicada exclusivamente à difusão da técnica e filosofia na América Latina.
Em setembro de 2019, a instituição e seus amigos no Brasil e ao redor do mundo foram abalados pelo falecimento súbito da Thaís Loureiro, após uma doença curta. Como consequência disso, a Michael Chekhov Brasil reduziu boa parte do seu programa de oficinas, algo que se extendeu até a pandemia do coronavírus, que chegou no Brasil em março de 2020.
Em 2020 MICHA Michael Chekhov Association dedicou seu evento anual de oficinas e encontros da comunidade internacional Michael Chekhov à memória da nossa amada Thaís Loureiro.
Atualmente, a Michael Chekhov Brasil mantém duas oficinas regulares, ambas online: BASES e TRILHAS.

 

 

 

 

 

Colaboradoras

Desde setembro de 2019 a oficina semanal Trilhas é facilitada por três atrizes treinadas pela Michael Chekhov Brasil e que aprofundaram seu conhecimento da técnica estudando com mestres no exterior:
 

Amparo de Gata, é atriz, performer e matemática, conheceu a técnica de Michael Chekhov em 2013 e desde então não deixou de se aprofundar nela: em 2015 realiza o treinamento da Michael Chekhov Brasil; em janeiro de 2018 cursa o intensivo da Michael Chekhov School e já participou duas vezes do evento anual da MICHA (2017 e 2020). Além disso, participa ativamente desde o 2015  dos grupos Trilhas, e hoje como facilitadora.

Dani Kupek é atriz, gosta de se desdobrar em diferentes corpos. Seus trabalhos se debruçam em esmiuçar o movimento humano e seu encontro com a técnica Michael Chekhov em 2015 formou a base para suas criações artísticas em diferentes linguagens teatrais, como teatro de sombra e teatro site-specific. Cursou o intensivo da Michael Chekhov School em 2019 por incentivo de Thaís Loureiro e através do Trilhas busca compartilhar seu legado como facilitadora.
 

Fran Mattoso atua no mercado artístico desde 2004, com formação em artes cênicas e cinema. Treinada na técnica Michael Chekhov pela Michael Chekhov Brasil em 2015, vem buscando se aprofundar desde então. Participou da oficina anual da MICHA em New London, EUA nos três últimos anos, estudando com professores como Joanna Merlin, Lenard Petit e Fern Sloan, e em 2019 teve a oportunidade de ser preparada por Ted Pugh para uma apresentação no evento final da oficina.

 

Conselho Consultivo

Presidente Honorária:  

Fern Sloan, atriz há mais de 30 anos, co-fundadora e co-diretora artística do The Actors' Ensemble e co-fundadora da Michael Chekhov School, além de membro do corpo docente da MICHA, The Michael Chekhov Association. Recebeu sua certificação do emblemático Michael Chekhov Studio em Nova York nos anos 80, trabahando com Beatrice Straight, Deirdre Hurst du Prey, Ted Pugh, entre outros, e foi professora lá durante os últimos três anos da sua existência.

Conselheiros:
 
 

A mineira Bruna Mafra é atriz formada pela CAL (Rio de Janeiro), bailarina e pesquisadora da alma humana.  Mora em São Paulo e tem formação também em Terapia Ayurvédica e Yoga.
Treinada na técnica Michael Chekhov pela Michael Chekhov Brasil
, em 2016 participou da oficina anual da MICHA em New London, EUA, estudando com professores como Joanna Merlin, Lenard Petit, Fern Sloan e Ted Pugh.

Dramaturgo, ator e diretor, Cleiton Echeveste é graduado em Interpretação Teatral/UFRGS, fundador da companhia Pandorga, voltado ao teatro para a infância e a juventude, e autor e/ou diretor de diversas produções, entre elas “O Menino que Brincava de Ser” e “Cabeça de Vento", lançado em livro pela Giostri.
Cleiton foi Assistente de Direção da
peça "Boa Noite, Mãe" (Grupo Assik), é treinado na técnica Michael Chekhov e em 2015 participou da oficina anual da MICHA em New London, EUA.
 

Jobst Langhans é diretor de teatro, ator e diretor do Michael Tschechow Studio Berlin, que fundou em 1984 e que hoje em dia oferece uma formação completa de três anos no método Chekhov. Trabalha como diretor e ator há mais de três décadas, mais recentemente numa produção de Faust, de Goethe. É docente da MICHA The Michael Chekhov Association e já ministrou oficinas especializadas em Moscou, London, Madrid, Riga, Glasgow, Amsterdam, Nova York, Zagreb and Helsinki, entre outras cidades.

 

Ator, diretor e diretor artístico do Michael Chekhov Acting Studio em Nova York,  Lenard Petit é autor do livro The Michael Chekhov Handbook (ver Biblioteca), e co-fundador da MICHA The Michael Chekhov Association, de qual é vice-presidente. Por mais de 20 anos foi professor nos cursos de teatro (MFA e BFA) da Rutgers University (Nova Jersey), e tem ministrado oficinas em países como Noruéga, Finlândia, Itália, Dinamarca, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Islândia, Portugal, Bélgica e Rússia, entre outros.
A atriz e produtora Rô Milani é graduada em artes cênicas pela Universidade Federal de Rio Grande do Sul e pós-graduada em Estéticas do Movimento e Técnica Em Recuperação Motora e Terapia Através da Dança, ambos pela Faculdade Angel Vianna, no Rio de Janeiro. É treinada na técnica Michael Chekhov e produtora da peça "Boa Noite, Mãe" (Grupo Assik). Desde 2017 a Rô mora em Bergamo, Itália.


 

Parcerias

A parceria com MICHA, The  Michael Chekhov Association é múltipla e vai desde a facilitação mútua de participação de alunos nas suas respectivas oficinas até a tradução/edição de livros. A mais recente parceria foi a co-editação de material para a nova edição do livro "Lessons for Teachers" (MICHA, 2018).

O Michael Chekhov Acting Studio (Nova York) é um dos mais importantes centros de estudo da técnica Michael Chekhov, com qual temos a honra de desenvolver várias trocas. Em 2014 o diretor Lenard Petit participou do nosso programa Masterclass, e em 2016 Hugo Moss foi convidado para se integrar ao corpo docente do MCAS.

A grande maioria das oficinas da Michael Chekhov Brasil no Rio de Janeiro acontecem Sede das Cias, na Lapa, que também foi onde o Grupo Assik estreou sua produção "Boa Noite, Mãe".

Em 2018 a Michael Chekhov Brasil participou do Projeto Sesc Dramaturgias, com viagens para o PARÁ (Belém e Castanhal),  MATO GROSSO DO SUL (Campo Grande e Corumbá) e PERNAMBUCO (Pesqueira e Arcoverde). E em outubro de 2018 o Sesc Paraty acolheu o INTERCÂMBIO DE ARTES CÊNICAS(ver VÍDEO). A parceria com Sesc MS continuou em 2019, com mais oficinas na unidade Cultura, em Campo Grande.

Em 2016 a Michael Chekhov Brasil foi convidada para participar do Programa Professor Especialista Visitante da Unicamp, ministrando uma série de oficinas para dois grupos de alunos da graduação, e uma turma de docentes e pesquisadores da pós-graduação. Esta troca gerou uma série de ações/projetos complementares. Em 2019 a parceria completa quatro anos.   
   


A Michael Chekhov Brasil conta com a colaboração de atores treinados na técnica e professores parceiros de euritmia, Alexander e outras atividades. Registramos também com  gratidão o apoio inicial financeiro que recebemos da Anne Beatrice Hamilton (acadêmica e patriota irlandesa, *1890 †1982) - através da Mary Beatrice Moss - lembrada no nosso Acervo.
 

Comunidade Internacional

A Michael Chekhov Brasil faz parte da comunidade de estúdios e instituições ao redor do mundo dedicados ao ensino e prática da técnica Michael Chekhov, entre eles: